O que significa “definir um perfil” no contexto de um RFC da Internet?

5

Eu vi a frase define um perfil de XYZ em alguns IETF RFCs. Por exemplo, RFC 3339 diz:

This section discusses desirable qualities of date and time formats and defines a profile of ISO 8601 for use in Internet protocols.

O que exatamente significa definir um perfil de algum outro padrão? Meu palpite é que isso significa criar um padrão baseado em um subconjunto restrito do padrão pai, mas não encontrei nenhuma documentação para confirmar isso.

    
por Doug Richardson 11.05.2015 / 20:47
fonte

4 respostas

1

A linguagem deve ser interpretada em relação ao padrão referenciado.

Anexo B de ISO / WD 8601-2 contém o seguinte idioma (B.1.2):

A Profile of ISO 8601 is a specification developed by a particular community which explains how ISO 8601 is to be used, to carry out a particular function or group of functions relevant to that community.

Existe uma lista detalhada de mais detalhes e, em seguida, a seção continua

At minimum, a profile should state what an implementer must implement in order to claim conformance to the profile. If there are multiple levels specified, it should state conformance requirements for each level.

Different communities may define different profiles. In fact any given community may define multiple profiles. “Community” is used loosely to mean a group with a common interest in 8601. It is not intended that 8601 profiles be approved by any formal body; any person or community can develop a profile. There should however be a unique name for every profile so that it may be referenced. The registration agency for ISO 8601 should register profiles upon request, and help to assure uniqueness of names. It is hoped that there will be mechanisms developed to provide interoperability between profiles however that is beyond the scope of this document.

    
por 14.08.2018 / 07:47
fonte
2

O termo "perfil" é um termo padrão da arte em engenharia e padrões. O artigo da Wikipedia parece claro para mim.

In standardization, a profile is a subset internal to a specification. Aspects of a complex technical specification may necessarily have more than one interpretation, and there are probably many optional features. These aspects constitute a profile of the standard. Two implementations engineered from the same description may not interoperate due to having a different profile of the standard. Vendors can even ignore features that they view as unimportant, yet prevail in the long run.

    
por 13.08.2018 / 18:57
fonte
1
Bem-vindo ao maravilhoso mundo das definições ad-hoc feitas em um momento antes que alguém realmente entendesse o que a Internet era ou de fato seria.

Embora não exista uma definição oficial do uso de "perfil" como significando um subconjunto restrito de outro padrão, ao longo dos anos, tornou-se comum o uso de body como o ietf para significar exatamente isso. / p>

O problema que você tem aqui não é tanto um dos padrões, mas uma burocracia governamental e acadêmica de uma época passada, onde grupos como o ietf ainda são controlados pelo antigo guarda que ainda insistem em usar a terminologia original usada no começo.

Eu não pretendo ser um especialista em como qualquer um desses grupos pensa, mas eu tenho trabalhado em TI há tempo suficiente para ter visto algumas poucas dessas RFCs quando elas foram lançadas de novo e lançadas pela primeira vez. grande parte da terminologia existe por nenhum outro motivo que "Beacuse eles podem"

Naquela época, quando grande parte desse "material da Internet" ainda era novo, e grandes trechos dele, administrados por vários órgãos da universidade e do governo, muitos dos departamentos que iniciaram os projetos tinham que ter maneiras de se manter fora um do outro.

Entenda que isso aconteceu todos os dias antes de qualquer uma das práticas chamativas de marketing e SEO que temos hoje, e uma maneira de fazer com que seu departamento se destacasse era fazer com que as pessoas usassem uma terminologia comum inerentemente ligada ao seu vocabulário, e Como resultado, seus projetos acabaram colocando você na frente do que o grupo estava tentando alcançar.

À medida que o tempo avançava, grande parte dessa terminologia se tornou imutável dentro das várias organizações, até o ponto em que há até mesmo padrões de como os padrões corporativos podem descrever padrões para aqueles que os usam.

Hoje em dia, ficaram com um excedente de definições que não fazem muito sentido para uma nova geração, e que em alguns lugares pode realmente ser considerado prejudicial e confuso.

Pense por um momento quanto a especificação HTML4 foi arrumada para acomodar o HTML5. Muito do trabalho envolvido aqui não tem nada a ver com o que deve ou não deve ser incluído na especificação, uma grande quantidade dele foi simplesmente devido à enorme tarefa em torno das especificações existentes e reescrevendo as coisas para que algum tipo de sentido poderia ser feito deles.

Seu palpite quanto à definição pretendida é provavelmente o mais próximo possível, e pelo que me lembro é certamente preciso, eu não ficaria surpreso se houver definições realmente conflitantes com isso.

Para ser perfeitamente honesto, eu não ficaria surpreso se houvesse um RFC disponível em algum lugar que realmente definisse quais as várias definições devem ser definidas como nos documentos de definição: -)

Infelizmente meus dias de lembrar o que cada número em cada RFC é / era e o que ele se referia estão muito atrás de mim, eu apenas uso as várias ferramentas de busca em "rfc-editor.org" atualmente.

    
por 12.05.2015 / 00:06
fonte
1

Eu não encontrei uma definição autoritativa da IETF, mas no seguinte contexto da RFC 3339, a definição (pelo menos para essa RFC) parece ser subconjunto em conformidade.

The following section defines a profile of ISO 8601 for use on the Internet. It is a conformant subset of the ISO 8601 extended format.

    
por 12.05.2015 / 02:37
fonte

Tags