O que devo esperar do meu primeiro trabalho de programação? [fechadas]

36

Acabei de ser contratado para o meu primeiro trabalho de programação! Tenho 25 anos e tenho usado o Java academicamente por 6 anos.

Agora que fui contratado, estou nervoso que minhas habilidades não sejam o que o empregador espera. Eu tenho medo de ser designado para um projeto e ter que fazer muitas perguntas que meus colegas de trabalho acham que são amadores.

Isso é um medo racional? Quais foram as suas primeiras experiências de trabalho de programação? O que devo esperar? Que conselho você poderia me dar?

Obrigado.

    
por Ben B. 27.04.2011 / 03:25
fonte

8 respostas

54

Existem muitas coisas que você não pode aprender na faculdade . Também existem muitas coisas específicas da empresa . Em ambos os casos, você tem uma escolha:

  • ou você pede explicações aos seus colegas,
  • ou você não pergunta nada a ninguém e corre o risco de cometer um erro.

Se eu contratar alguém que não tenha uma experiência profissional, não me importaria se ela fizesse muitas perguntas nas primeiras semanas ou meses. Por outro lado, se ela tem medo de pedir ajuda e desperdiça horas resolvendo um problema que outro desenvolvedor pode resolver em segundos ou cometer erros estúpidos que poderiam ser facilmente evitados por alguém mais aberto à comunicação com colegas, isso me incomodará muito mais. / p>

Não evite perguntas. É uma boa maneira de aprender coisas e socializar com as pessoas com quem você vai trabalhar. Mas:

  • Não faça perguntas apenas para perguntar-lhes.
  • Lembre-se de que outras pessoas têm seu próprio trabalho e seus próprios prazos. Eles têm outras coisas para fazer do que gastar seu tempo ajudando você em todas as tarefas.
  • Não espere que outras pessoas façam o seu trabalho (assim como nunca é bem-vindo perguntar no Stack Overflow para fazer seu trabalho).
  • Observe que, se você perturbar um desenvolvedor, ele perderá dez minutos ou mais para se concentrar novamente. Portanto, não faça perguntas se puder encontrar uma resposta em segundos na internet.

Exemplo de perguntas ruins:

  • "Ei, eu quero criar uma matriz como {1, 2, 3, ... n-1, n} em PHP. Você pode me ajudar?" Aqui, você apenas mostra que não apenas você não sabe como usar a documentação do PHP, mas você nem se incomoda em pesquisar no Google ou pensar por um momento. Tudo bem se você não souber sobre o método range no PHP. Não está tudo bem se você não consegue encontrá-lo.

  • "Estou tentando implementar plugins, mas não sei o que é o CAS no .NET Framework. Você pode me explicar o que é isso?" Sim, é mais fácil perguntar para explicação, mas e a busca do Google por "CAS .NET Framework 4.0" primeiro?

  • "Por que você está me forçando a usar o controle de versão? Eu sempre trabalhei sem isso e não entendo porque eu precisaria agora." Bem, seus colegas não tem que explicar por que você deve usá-lo. Primeiro, é uma diretriz da sua empresa. Você não está aqui para ditar como trabalhar. Em segundo lugar, há uma abundância de livros, artigos de blogs e respostas nos sites do SE, explicando por que todos devem usar o controle de versão. Você só precisa pesquisar.

Exemplos de perguntas bem-vindas:

  • "Eu quero confirmar as alterações no controle de versão, mas há uma mensagem de erro estranha. Ele diz: [...]. Talvez você saiba o que é isso?" O seu colega já viu esta mensagem dezenas de vezes antes, por isso, não há problema em perguntar isso.

  • "Estou lendo a página 9 dos requisitos para este projeto, parte 4.2.1, mas não tenho certeza: é para mim ou para o administrador do banco de dados fazer essa parte? " É melhor perguntar, do que gastar três dias para fazer o trabalho que já é feito pelo dba.

  • "Eu preciso implementar plugins, mas depois de ler isso e isso, eu ainda não entendo o que é um sandbox e como isso está relacionado à segurança. Você poderia me explicar isso mais tarde quando você ' Será livre? " Você pesquisou. Você fez um esforço. Você não entendeu. Não há problema em não entender tudo, e seria melhor pedir explicação do que passar um fim de semana procurando por ela.

por 27.04.2011 / 03:43
fonte
22

"The only stupid question is the one that goes unasked."

^ Sério. Lembre-se disso.

Se você está no meio acadêmico há 6 anos, estou assumindo (e esperando ) que você tenha uma sólida compreensão dos principais conceitos de engenharia. A menos que você esteja em uma situação ruim com um péssimo empregador, eles devem estar cientes de que, sendo recém-saído da escola em seu primeiro emprego, você terá uma curva de aprendizado à sua frente e estará esperando que você cometa erros ao longo do caminho. .

Se suas habilidades não correspondessem ao que o empregador estava procurando, eles não o teriam contratado. Se eles o contrataram, mesmo que suas habilidades não coincidir com o que eles estão procurando, então você provavelmente não quer trabalhar lá de qualquer maneira.

Quanto mais perguntas você fizer, mais rápido você se acostumará com seu novo ambiente de trabalho. Dito isto, geralmente os engenheiros não gostam de estar constantemente sendo incomodados, já que leva ~ 15 minutos para eles voltarem ao ritmo das coisas. Então, talvez eu pensasse em colocar todas as suas perguntas relevantes em um e-mail e enviá-las para alguém "conhecido" no final do dia.

Algumas empresas associam você a um mentor, outras não.

    
por 27.04.2011 / 03:35
fonte
8

Pare de se preocupar tanto. Ninguém é de primeira classe no primeiro dia.

    
por 27.04.2011 / 03:30
fonte
8

Meu primeiro trabalho de programação foi assumir um site que foi escrito em idiomas que eu nem conhecia. Eu era o único desenvolvedor e não tinha ninguém para pedir ajuda. Eu estava com muito medo de não durar muito tempo (se não fosse por fóruns, eu provavelmente não teria). Então, o que eu fiz? Eu fiz uma tonelada de perguntas nos fóruns. Toneladas Eu senti como se estivesse perguntando tantas perguntas "amadores" que eu fiz o meu avatar "Eu sou estúpido" (ainda está lá fora .. em algum lugar).

Meu ponto é, o medo é natural, mas você vai superar isso e fazer muitas perguntas amadores. É a melhor maneira de aprender. Pelo menos no meu caso foi, e ainda é.

Além disso, quando eu estava no meu treinamento de TI nas forças armadas, eles resumiram rapidamente cada conceito e disseram que "Você aprenderá seu trabalho na sua primeira estação de trabalho ... isso é apenas para que você esteja familiarizado que acontece ser. "

    
por 27.04.2011 / 05:11
fonte
2

Se você fizer perguntas estúpidas, mas só perguntar uma vez, seus colegas não vão te odiar. Mas se você nunca aprender, eles vão dizer ao seu chefe para te demitir.

Seu sich está fora do seu controle. Ou você estará com pessoas boas que vão querer que você tenha sucesso, ou você estará com o mal que vai querer que você falhe.

Tente não ficar nervoso e apenas faça o que puder. E coloque muito trabalho extra aprendendo o idioma e os aplicativos da empresa.

    
por 28.09.2011 / 09:51
fonte
2

Quando você fizer uma pergunta, verifique se:

  • Prepare-se antes de perguntar
  • Dê à pessoa que você está pedindo para sair da zona
  • Tente fazer a outra pessoa se sentir inteligente

link

    
por 28.09.2011 / 12:52
fonte
1

Meu primeiro trabalho de programação foi em uma linguagem e framework / plataforma que eu nunca havia tocado antes (Visual C ++ / MFC, e fui educado em C no Unix com um pouco de Java).

Moral da anedota: quando você não tem experiência comercial, o primeiro empregador que leva você normalmente enxerga você como mais ou menos uma ficha limpa. Olhando para trás agora, mesmo se eu tivesse sido contratado para um C no papel Unix, 95% + da curva de aprendizagem no início o primeiro emprego teria sido muito mais sobre soft skills, controle de origem, a política do escritório / gestão, e outras coisas que a experiência acadêmica não pode realmente prepará-lo para. No lado técnico, eles geralmente esperam que você seja muito vacilante em seus pés no primeiro ou segundo mês - o choque para o sistema das coisas não técnicas por si só é uma distração suficiente. Eles sabem disso, então provavelmente não esperam muito.

MainMa tem bons conselhos : Basicamente só tentar não incomodar as pessoas com o tipo de perguntas que são fáceis para o Google e que devem vir com o território para alguém com 6 anos de experiência acadêmica. Uma boa regra é que o conhecimento de programação genérica deve primeiro ser pesquisado antes de perguntar, enquanto o conhecimento interno da empresa / domínio específico é muito mais seguro para perguntar após escavações mínimas.

    
por 27.04.2011 / 10:02
fonte
1

Sou recém-formado na faculdade e desenvolvo softwares profissionalmente há cerca de um ano. Você tem medo das mesmas coisas exatas que eu também temia, então você não está sozinho. Eu sinto que passei pelo que você está descrevendo aqui. O melhor conselho que posso dar é o seguinte:

  1. Cerque-se de pessoas mais inteligentes do que você e dispostas a mentor. Seja o mais educado possível, leia as pessoas e descubra suas alianças. Nem todo mundo estará aberto para ajudá-lo, mas você descobrirá facilmente quem são as "pessoas certas" e aquelas com quem você vai querer ser amigo.
  2. Faça perguntas o máximo possível se achar que o Google não pode responder.
  3. Perceba que há muitos que não frequentam a escola há algum tempo e é provável que eles possam vê-lo como uma mente renovada para ideias. Não tenha medo de lançar ideias e não tenha medo de discordar dos outros.

É uma linha fina, mas você vai descobrir onde atravessá-la e onde não. A melhor coisa que você pode fazer é ter muito interesse em aprender e se cercar de pessoas que sabem mais do que você sobre desenvolvimento de software.

    
por 27.04.2011 / 09:11
fonte